Termos Náuticos Básicos: veleiro

xyz

Adriças: Cabos usados para levantar ou içar as velas
Alheta: Parte da embarcação entre o Través e a Popa
Amantilho: Cabo preso ao topo do mastro, que suporta a retranca prevenindo a sua queda no convés
quando se abaixa a vela grande
Amurras ou Bochecha: Parte da embarcação entre a proa e o través


Boca: A parte lateral mais larga de uma embarcação
Bolina: Uma lamina de metal, madeira ou fibra que é usada para evitar que o barco ande para os lados
Bombordo: O lado esquerdo da embarcação quando se está olhando para a proa
Boreste: O lado direito da embarcação quando se está olhando para a proa
Brandais: Cabos de aço estendidos lateralmente até o topo do mastro, que impedem o seu movimento para os lados
“Burro”: Sistema usado para puxar a retranca para baixo
Buja: Vela de estai na proa que não ultrapassa do mastro à ré.
Cana de Leme: A alavanca que controla o leme
Catracas: Um dispositivo mecânico ou elétrico usado para aumentar a capacidade de puxar um cabo
Cockpit: Espaço aberto na parte de trás da embarcação onde se localizam os seus comandos
Cruzeta: Reforço lateral em forma de cruz fixada ao mastro onde se apóiam os brandais
Cunho: Peça fixada ao convés usada para amarração de cabos
Estai de Popa: Cabo de aço estendido entre a popa e o topo do mastro que impede o seu movimento para frente
Estai de Proa: Cabo de aço estendido entre a proa e o topo do mastro que impede o seu movimento para trás
Esticador: Dispositivo usado para tensionar os estais e brandais
Fuzil: Dispositivo que conecta os estais e brandais ao convés ou casco
Escotas: Cabos usados para controlar as velas. “Caçar” é puxar esses cabos trazendo a vela para a linha de centro do veleiro e “Folgar” é soltá-los, deixando a vela se afastar dessa linha de centro
Genoa: Vela de estai na proa que ultrapassa do mastro à ré.
Garlindéu: A junção que une a retranca ao mastro. Funciona como um elo giratório que permite a retranca mover-se para cima, para baixo e de um lado para o outro
Guarda-Mancebo: Proteção de cabos de aço ao longo da borda da embarcação
Leme: Um dispositivo com a forma de uma chapa, localizado na popa do barco e que serve para governá-la
Mastreação: Conjunto de mastros, retrancas, estais, brandais e demais peças que suportam as velas
Mastro: Perfil vertical que suporta as velas e a retranca
Mestra ou Vela Grande: Vela principal montada no mastro maior
Moitões: Conjunto de roldanas que servem para guiar cabos numa direção desejada ou para compor
conjuntos para a redução de esforço
Nó: Medida de velocidade da embarcação equivalente a uma milha náutica por hora ou 1,852 quilômetros por hora
Pé: Medida equivalente a 12 polegadas ou 30,48 cm
Popa: Parte de trás da embarcação
Poste de Guarda-Mancebo: Poste vertical que suporta cabos de aço ao longo da borda da embarcação
Proa: Parte da frente de uma embarcação
Púlpito: Armação de tubos usada para proteger o velejador durante as operações na proa da embarcação
Quilha: Um peso sob a forma de uma barbatana, fixado na parte de baixo do casco do veleiro, que serve para impedir o abatimento lateral da embarcação e contribui para a sua estabilidade
Retranca: Perfil horizontal usado para prender e estender a esteira da vela grande
Spinnaker ou Balão: Vela de Proa muito leve e grande usada com ventos de popa até o través
Storm-Jib ou vela tempestade: Pequena vela de proa, muito resistente, usada com ventos muito fortes
Outhaul ou Cabo do punho da esteira: Cabo usado para tensionar a parte de baixo da testa da vela.
Bicha ou Downhaul: Cabo usado para tensionar a valuma da vela
Bolsa de Tala: Reforços costurados a vela usados para tencionar a testa e abrir a valuma
Cunningham: Olhal (ilhós) instalado na testa da vela grande usado para tenciona-la
Esteira: Borda de baixo da vela
Forras de Rizo: Dispositivo (olhais e cabos) usado para reduzir a vela quando o vento está muito forte
Olhal ou ilhós: Argola de metal usada para reforço
Punho da Adriça: Topo da vela (Local onde é presa a adriça) onde a testa encontra a valuma
Punho da Amura: Triângulo de baixo da vela onde a esteira encontra a testa
Punho da Escota: Triângulo Onde a esteira encontra a valuma
Talas: Tiras de plástico ou madeira que atuam enrijecendo a vela e mantendo uma forma desejada.
Contribuem também para evitar o panejamento da valuma
Testa: Borda da frente de uma vela.
Valuma: Borda de fora da vela

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s